Mês de férias é muito convidativo para todo tipo de viagem, e as grávidas estão por aí com rodinhas nos pés para descansarem, turistarem ou fazerem enxoval nos mais diferentes destinos.

Por isso achei legal falarmos sobre detalhes que fazem a diferença nos cuidados com a gravidez longe de casa

 

  • Inchaço nas pernas : mais comum na segunda metade da gestação o inchaço pode acontecer principalmente nas pernas por um fator mecânico de drenagem venosa. O útero volumoso, cresce junto com o bebê e pressiona os veias que trazem o sangue das pernas. Essa dificuldade em drenar o sangue resulta em inchaço. Claro que o inchaço também pode estar relacionado com doenças específicas da gravidez e aí vale ressaltar a importância do acompanhamento com a Obstetra que vai saber diferenciar as causas. Sabendo que o inchaço vai acontecer em 9 de 10 grávidas como evitá-lo? A meia elástica compressiva para grávidas, aquela de perna inteira e com espaço para a barriga, é essencial e deve ser parceira da grávida neste mês de férias. Importantíssima para prevenir o inchaço das pernas nas viagens de avião ou mais longas de carro. Super útil naquele dia puxado de visita a muitas lojas para a compra do enxoval ou no dia de turistar e andar um pouquinho a mais.
  • Ritmo da viagem: a gravidez é mesmo um período delicioso para curtir e desfilar a barriguinha por aí mas é muito importante respeitar seu corpo. O cansaço e o sono podem ser mais frequentes e ditar um ritmo mais tranquilo nos passeios, respeite as suas necessidades e se programe para intervalos de descanso no meio das atividades.
  • Alimentação : tantas comidas típicas e quitutes gostosos são uma desculpa para comermos um pouquinho além do costume, mas nunca esqueça que a grávida não precisa comer por dois. O ganho de peso em excesso é um fator de risco para Diabetes Gestacional e Hipertensão na gravidez, além de colaborar para dores nas articulações e nas costas, por isso siga sempre as orientações da sua Nutricionista e evite exageros. Grávida saudável não passa longos períodos em jejum e preza por uma alimentação equilibrada.
  • Viagens aéreas: no avião não esqueça de se movimentar. Caminhe pelo corredor e mexa pernas e pés sentada mesmo. Roupa confortável sempre, nada de elásticos e botões que apertam a barriga, sapatos macios que facilitam as longas caminhadas pelo aeroporto são boas apostas. Evite as malas de mão de carregar e invista nas malas de rodinhas dentro das determinações da companhia aérea. Não se esqueça de pegar uma carta de liberação para voos com sua Obstetra e entender com ela se você tem restrições impostas pela gravidez.

Aproveite muito as férias e tire muitas fotos de sua barriga linda passeando por aí. Se quiser dividir suas experiências de viagem comigo não deixe de me marcar no Instagram 😉😘🛫